Tradutor de Página

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Uma vez, em um Festival...

Em 1993, inscrevi-me em um Festival de Música em Taguatinga-DF. Na 1ª fase conforme o Regulamento, gravei minha música em uma Fita K-7 e enviei aos organizadores do evento. Fiquei muito feliz pois, diante de tantos inscritos, eu havia sido aprovado para a fase seguinte (interpretação ao vivo no palco). No dia, ficamos todos (músicos concorrentes) em um camarim aguardando a vez. Durante este momento, fui cercado por alguns músicos que se diziam estar impressionados com a qualidade do meu instrumento musical (guitarra Rickenbacker 481) e que queriam empunha-la apenas por "curiosidade". Educadamente permiti o assédio em torno da referida guitarra (que estava devidamente pronta para apresentação). Quando este instrumento retornou para minhas mãos, notei que os controles (knobs) estavam totalmente desajustados e algumas cordas desafinadas. Procurei por algum afinador e ninguém se manifestou então, fiz uma afinação encostando o ouvido no braço da guitarra. Já no palco, ao conectar o instrumento no amplificador, tive dificuldades no ajuste do som, devido ao músico que tocara anteriormente ter desconectado a caixa de retorno (equipamento necessário para tocar ao vivo). Esgotado o meu prazo de ajustes, iniciei minha interpretação sem ouvir o meu som e consequentemente sem saber como era ouvido pelos jurados e a plateia. Ao final, fui aplaudido mas penso que tenha sido apenas por educação. Não obtive uma boa colocação e me senti prejudicado mas na época,  não era só isto o que me importava e sim o fato de ter tentado e o aprendizado de que muitos, mesmo usando a música como forma de libertar os sentimentos, acabam se tornando prisioneiros do egoísmo e escravos da ambição.
Obs.:
-Postarei aqui, algumas canções (de minha autoria) para que possam avaliar meu trabalho.

9 comentários:

  1. GRANDE MARCONE É ISSO AÍ MEU CARO
    FICOU MUITO BOM.
    ABRAÇO,LUISÃO

    ResponderExcluir
  2. Marcone! Como você escreve bem. Parabéns. Ainda não ouvi a música, pq to aqui no trabalho. rs. Mas quando ouvir eu te conto o que achei.

    Abraço! LEILANE

    ResponderExcluir
  3. Ei Marcone! Muito bom seu blog hein? Nem sabia que vc tocava... Arrazou! =)

    ResponderExcluir
  4. Olá, Marcone! Não sabia dessas suas habilidades musicais. Parabéns pelo talento e pelo blog.
    Beijos, Thalita.

    ResponderExcluir
  5. OLA MEU QUERIDO MANO TUDO Q VEM DE VC É LINDO Q NEM VC...MIL BEIJOS PARA VC TE AMO MUITO VIU...

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, gostei muito do seu blog, continua, vc tem talento.

    Beijos, Elianny

    ResponderExcluir
  7. Claudio Henrique, Baixista.19 de novembro de 2010 02:45

    Olá Marcone. Excelentes as suas canções, não desanime com os festivais, continue participando, pois o grande Oswaldo Montenegro passou por várias dificuldades também, alcançando sempre o 2º lugar com "Bandolins" e "Condor" e o seu talento não está longe do dele. Ah, pensei que ouviria o som da "Rickenbacker" em um solo talvez...era a guitarra que o John Lennon mais amava. Mas mesmo assim ficou muito bom os teclados, Guilherme arantes que o diga. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Lindo seu blog, suas musicas... Enfim, talento tá sobrando aqui, meu bem. Continue lutando que uma hora você chega lá... Super beijo! Ana paula.

    ResponderExcluir